FOOD, FIT, FUNLIFESTYLE

Atingimos o 69: O melhor segredo de Lisboa

Shameless Date – NIT

Luís Filipe Borges & Sara Santos

 Restaurante: Clube do Bacalhau

Local?Lisboa, Travessa do Cotovelo

Preço médio (2 pessoas): 22

Rating: 69 (de 0 a 69)

Citando o grande filósofo Joaquim de Barreiros: sim, queremos cheirar esse bacalhau

ELE: Nunca hei-de esquecer aquele prófe de Direito que alegou ser quase impossível uma nota acima de 15. Ah sim? Então por que vai a grelha de avaliação até 20? Não sejamos ridículos, nem fiquemos à espera – qual crítico do Público em antecipação do próximo Kiarostami, antes celebremos a perfeição. Ela pode ser encontrada várias vezes. A nossa primeira foi aqui: 69 valores em 69 possíveis. Vai buscar.

ELA: Nada falhou nesta nova relação. O ambiente culturalmente cool, o serviço descontraído com conhecimento sobre a ementa e a entrega. Aqui, é o Bacalhau é reinterpretado por novos paladares: carpaccio, tártaro ou línguas, são apenas algumas das inovações.

ELE: Suprema ironia. Antes, este esconderijo de luz era um antro de paredes negras dedicado ao metal – e frequentado por cabeças rapadas. Agora tem à frente um farol chamado Rui: feito de sorriso, carisma e um proeminente afro.

ELA: Este foi um tesouro descoberto. Desvendaram um teto único, um poço, janelas e pedaços de história que alguém um dia tapou. Talvez por isso, esta seja agora a minha nova paixão lisboeta.

 

Ménage a Trois: uma orgia de bacalhau + um espaço perfeito e com história + um atendimento a lembrar a deixa final de “Casablanca”: ‘I believe this is the beginning of a beautiful friendship’.

Orgasmo múltiplo: foi-nos dito: atentai que o tártaro de bacalhau, qual Salvio, ou se ama ou se odeia. Estamos em crer que os indivíduos que o abominam não deviam ser autorizados a desperdiçar oxigénio. PS: válido também para a questão do Salvio.

Turn off: termos passado duas horas a bebericar um reserva alentejano tentando descobrir um turn-off. Não existe, pura e simplesmente. Mas, 120 minutos depois, estávamos ébrios. Long live UBER. Hic.

 

Post anterior

Já sonharam que podiam voar?

the ring, wedding proposal, pedido de casamento, Sara Santos, Luís Filipe Borges, engaged, to be married
Post seguinte

como fiz um pedido de casamento Kick-ass a uma mulher que descobre tudo!

Luis Borges

Luis Borges

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *