PET SITTER
14 Dez 2016

Pet sitters ao ataque!

Uma recomendação para os amantes de animais (no meu caso, donas Galinhas) Acabei por me tornar uma mãe galinha com a minha cadela. Dou por mim em conversas de grupo no jardim a começar frases com “a minha” ou “esta lá em casa”. E gabamos as patifarias dos nossos animais

Sara Santos 0
Snob, Luís Filipe Borges, Luke, irmão, pic, Alexandre Borges, project
09 Nov 2016

Luke – o meu amigo (quase) imaginário

Um coração pode bater num urso de peluche   Os meus pais, como certamente os teus, eram os melhores do mundo quando era criança. E deram-me de facto a melhor infância que um miúdo pode ter, sobretudo se viver no século XIX.

Luis Borges 0
07 Nov 2016

Manobras de loucura: A viagem de um lançamento!

Ainda sobre o dia do juízo final lançamento O nosso lançamento foi marcado pelo divertimento. Foi um evento diferente, acompanhado de alguns amigos que nos foram dar apoio para esta nova etapa. Que tiraram tempo das suas agendas frenéticas para entrar a bordo do Leão Holandês e iniciar uma viagem tão

Sara Santos 0
Animais
05 Nov 2016

Deixamos os nossos animais em casa e fomos passear a Popota

Walking Buddies um evento que nos deixou babados! Aqui em casa existem tantos animais como pessoas. O Luís já tinha o Haruki, um gato de meia idade e ,mais tarde, resgatámos a Indie, o diabo da tasmânia em versão canina. Estes dois fazem parte da nossa família e por mais chatices que

Sara Santos 1
Haruki, cat, Luís Filipe Borges, gato, cats are awesome
29 Out 2016

Haruki: O gato que não sabe o que é um cão

Haruki: Um continho infantil Olá. Sou quem escreve esta história. Perdoa se me apresento logo, assim sem mais nem menos, em vez de começar imediatamente a contar ‘era uma vez’. Não tenho muito jeito, sabes? Assusta-me narrar uma história para os teus pais lerem em voz alta antes de dormires.

Luis Borges 1
15 Set 2016

Indie o diabo da tasmânia mascarado: II Parte

Se leram a primeira parte do texto sabem a dificuldade que tivemos para habituar o nosso gato com 9 anos e de temperamento complicado á Indie, a cadelinha bebé com proporções de urso.  Mas como passámos este nível e ganhámos vidas, o jogo continua.

Sara Santos 0
15 Set 2016

Indie o diabo da tasmânia mascarado!

Quando convenci o Luís a resgatar a Indie, esqueci-me dos efeitos potentes de um focinho de cachorro e poderei ter encurtado a decisão. Sempre fantasiei com um animal de estimação que me acompanhasse em passeios matinais, um amigo fiel que não fazia perguntas. (expressão de máfia)

Sara Santos 1