LIFESTYLE

como fiz um pedido de casamento Kick-ass a uma mulher que descobre tudo!

a angústia dum homem à espera de ouvir SIM

 

Esteve para acontecer há cerca de um ano. Tinha a ideia, estava orgulhoso. Mas cometi um erro de principiante: acedi a dar-lhe uma pista. E como vivo com uma espécie de Poirot… bastou uma palavra. Juro. Uma só palavra e ela descodificou todo o engenhoso esquema que tinha preparado.

Abatido, precisei de uma nova órbita completa ao Sol para voltar a estar satisfeito com um conceito à prova de bala para um pedido de casamento fulgurante. Não podia falhar. E mais: teria de congeminar tudo às escondidas da Sara. Ah, claro. E garantir um queixo caído quando acontecesse.

A certa altura acho mesmo que ela estava a desistir. Tinha apenas dois requisitos: vais ter de te ajoelhar e vir com discurso. Mas demorei tanto que a esperança precisou de soro. Agora posso dizer que fez parte do truque para apanhá-la de surpresa 🙂

Mas vamos directos ao assunto. No dia 2 de Novembro o plano foi executado em 3 passos.

O Ídolo

A Sara é mega-fã do Nuno Markl (bom gosto), mas ainda não calhou conhecerem-se. Ao fim da tarde o Nuno fez o seu primeiro story no Instagram (que orgulho!). Nele, dirigindo-se à Sara em tom preocupado, lamentou ter de avisá-la para um assunto preocupante. Corre para o teu mail, vai, agora. Ela, estupefacta ao ver-se taggada, assim fez. E eu a saber de tudo através da minha espia no trabalho dela (Marta, CEO da Ellephant). 🙂

O Vídeo

Sincronizado com o Markl, mal ele faz o story eu carrego no Send e pimba, cai no endereço da Sara um doc pelo wetransfer. O conteúdo? Um vídeo de 12 minutos com uma montagem do desafio que fiz a vários grandes amigos: gravem uma mensagem para a Sara que seja uma espécie de Carta de Recomendação deste vosso compincha 🙂 No fundo, por que é que ela deveria casar comigo.

O Anel

Tudo isto está a acontecer enquanto estou dentro do carro, em hora de ponta, entre sms trocados com o Nuno e updates via whatsapp com a Marta. Vou a caminho do trabalho dela e entro de rompante no exacto momento em que o vídeo termina. Ajoelho-me e saco da caixinha contendo esse “my precious” adquirido cerca de mês e meio antes. Está na altura do discurso. Ficamos sós. As palavras saem-me trocadas mas o espírito está lá. Ela mistura gargalhadas com lágrimas e nunca vou conhecer cocktail melhor. A resposta ainda ficou pendente, no meio daqueles nervos comuns. Engraçado como uma palavra tão pequenina pode soar como música de orquestra.

Agora a próxima data fundamental é 29 de Setembro de 2018. E até vamos criar uma categoria aqui na nossa casa virtual para que nos acompanhem na saga até ao altar 🙂

Luís

Post anterior

Atingimos o 69: O melhor segredo de Lisboa

Post seguinte

Dica para um presente de natal relaxante

Luis Borges

Luis Borges

1 Comment

  1. Filipa
    15 Dezembro, 2017 at 17:31 — Responder

    E a resposta?? Que nervos!!
    Queremos ver o resto…?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *