Últimos Posts

Delano Miami
18 Set 2016

RUDE – ou a impossibilidade do amor em 1000 caracteres

Welcome aBorges & Welcome ao RUDE 🙂 Escrevo desde um refúgio nas imediações do Cercal, 35 metros quadrados de novo lar num monte isolado onde tenho diante dos olhos quilómetros de Alentejo até ao confim do horizonte e aquela impressão tão falaciosa quanto doce de que Portugal é, afinal, enorme.

Luis Borges 0 Ler Mais
Martin Scorsese's Vinyl
18 Set 2016

VINYL – mataram-me a série favorita, e agora?

The end of music is upon us Sou um homem analógico num tempo digital. Com saudades de telefones rijos e fixos de disco e som característico. Das cassetes com fitas enroladas e bafientas do tempo. Do cariz menos espectacular e mais genuíno da música em vinyl. Daí ter ficado curioso

Luis Borges 0 Ler Mais
15 Set 2016

Indie o diabo da tasmânia mascarado: II Parte

Se leram a primeira parte do texto sabem a dificuldade que tivemos para habituar o nosso gato com 9 anos e de temperamento complicado á Indie, a cadelinha bebé com proporções de urso.  Mas como passámos este nível e ganhámos vidas, o jogo continua.

Sara Santos 0 Ler Mais
SHARE

Home